30 semanas

Terceiro Trimestre - 29 semanas - Desabafo♥

16:05

Chegamos a reta final da gravidez, agora eu fico bem em dúvida sobre qual a parte mais difícil o começo dos enjoos e de passar tão mal como passei, ou o final, de dores, de desconforto, de desespero, de querer que o tempo passe voando...principalmente no verão.

É muito louco essa história de hormônios na gravidez né? A dias eu venho me sentindo um "elefante" mesmo, como vi um comentário na nossa página sobre o tema do chá de fralda do Miguel, me sinto extremamente pesada, cansada, esgotada sabe? 
Eu amo meu filho que está chegando, amo Miguel incondicionalmente sem conhecê-lo, sei que esse amor que sinto por ele é o mesmo que sinto pelo Murillo e os dois vão ter sempre TUDO de mim, todo o meu melhor e parte mais linda que eu já conheci desse sentimento. 



Mas preciso fazer um desabafo, NÃO GOSTO DE ESTAR GRÁVIDA, não por me privar de coisas, não por pensar em estética, nada disso, longe disso. Não gostar de estar grávida é não se sentir bonita nesse corpo, é achar que nada lhe cai bem, é entrar em desespero cada vez que não consegue levantar sozinha da cama, é sentir dores na lombar como se você estivesse para morrer de dor, é chorar a noite por não encontrar posição para dormir... não posso falar que gravidez para mim são mil maravilhas, NÃO É. Descobri o quanto uma gravidez é diferente da outra como sempre ouvi, na gravidez do Muri meu cabelo estava maravilhoso, minha pele sensacional, nessa gravidez meu cabelo está sem tomar jeito nenhum, (não posso esquecer de na próxima consulta, pedir para pintar meu cabelo, NECESSITO, mudar!), minha pele está cada dia pior, estou fazendo limpeza de pele uma vez por mês e não resolve, nada ajuda, e me encho de maquiagem, coisa que eu ODEIO e tenho preguiça de fazer. 

Todos dias quando acordo as 6h da manhã e fico deitada tentando diminuir a dor na minha lombar, o cansaço sem fim que sinto todos os dias, a dificuldade de fechar as pernas, me lavar, me secar, de vestir uma calcinha, tudo isso me causa um desespero sem fim gente... claro que se não fosse o Rapha isso tudo iria me surtar, se não fosse ele nas noites em que eu acordo quase chorando reclamando de dor, e pedindo para ele me ajudar a levantar para ir ao banheiro... eu surtaria. Ele é uma das peças mais importantes desse momento também. 


Por me aguentar essa oscilação de sentimentos, sorrindo, chorando, brigando, querendo uma atenção sem fim, reclamando e reclamando de tudo...Entramos na reta final, talvez isso também me deixe assim CANSADA, ESGOTADA de tudo e todos. Para mim, nada está pronto, mas sei que as coisas estão caminhando e que vai estar tudo pronto para a chegada dele, ainda faltam 7 ou 8 semanas, não sabemos ao certo, tudo depende do desenvolvimento dele agora, tudo depende das próximas consultar, exames, e do tempo... que vai passar devagar, a cada dia sinto o tempo mais devagar, dias longos, noites mais longas ainda.

Ansiedade? Não, acredito que não, claro que fico imaginando todos os dias o rostinho do Miguel, como disse tenho uma certeza em mim que ele vai ser a cópia do Muri, talvez por isso não esteja tão ansiosa. Estou ansiosa para ter tudo pronto, para comprar as minhas coisas da maternidade, para terminar o enxoval (itens básicos, fraldinhas de boca, mamadeira, almofada de amamentação, detalhes...como diz o Rapha), para organizar a nossa casa para receber as pessoas quando Miguel chegar, para suprir essa minha necessidade de fazer tudo em 7 semanas... sim, porque eu tenho essa mania de querer fazer tudo, participar de tudo, estar em tudo, mesmo podendo delegar funções a outras pessoas. Eu sou assim, me sobrecarrego por nada.  


Falta pouco para Miguel chegar, a minha rotina que antes já me cansava hoje me deixa exausta, mas preciso seguir, preciso continuar trabalhando pelo menos até o dia 10 de Novembro, diminui o ritmo chego para trabalhar mais tarde, mas continuo ficando até mais tarde também, nos compromissos com o Muri me divido com o Rapha, sempre que chego em casa só quero banho e cama, e um descanso... estou fazendo drenagem como meu médico mandou, melhorei a alimentação e dei adeus para o refrigerante, estou me entupindo de água e sucos, se pudesse ficaria o dia todo deitada, mas não posso e nem quero... bora lá, força e vamos...falta pouco. 







O desabafo de uma grávida, num dia de calor em SP - 29ºC, que a pressão já caiu duas vezes e que acordou as 6h da manhã com dor na lombar....♥ 


You Might Also Like

1 comentários

  1. Oiii Camila... Te entendo completamente...
    Estou com 32 semanas e 2 dias, muitaaaaaa dor nas costas, pernas pesadissimas e as contrações começando a aparecer, então pense rsrs fora que aqui no Rj faz 33, 34°C... Confesso amar estar gravida, pra mim a gravidez é um estado de graça. Mas, é claro que as vezes agente cansa e deseja que o tempo passe bem rapido, faz parte! Falta pouquinho, vamos remando rsrsrs beijos

    dannyalmeidaaa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!