2015

Amor x Obrigação - Pais Adolescentes

22:59

Essa semana falamos sobre ¨relacionamento¨ no Instagram e na nossa Fan Page e fui questionada, sobre como o nosso relacionamento, é tão ¨maravilhoso¨. Não existe fórmula de amor, nem de relacionamento perfeito. 

Mas sempre quando entramos nesse assunto com adolescentes, vem de novo o que a sociedade nos impõem, engravidou tem que casar, tem que viver junto e pronto E ai que entram os relacionamento por obrigação, obrigação de estar junto para a criança ter uma família e ser feliz. Quem foi que inventou isso?  Se não querem ficar juntos, como a criança vai ser feliz em um lugar que só existe briga, discussão e não há amor?  

Filho não prende ninguém, ninguém mesmo meninas. Temos que ter muita consciência de que a criança não tem nada haver com o que aconteceu, e que não tem culpa de que os pais não se gostam ou não querem ficar juntos. Casar por obrigação, porque é o padrão da sociedade é a pior besteira do mundo. 

Comigo e com o Rapha foi diferente, conversamos quando eu descobri que estava grávida e por um tempo eu ainda fiquei na casa da minha mãe, no sexto mês de gestação eu tive um principio de aborto e precisa de mais cuidados, como na casa do Rapha havia a Tia Célia trabalhando e poderia ficar comigo, até ele chegar, nossas famílias conversaram e em comum acordo com o que eu e ele queríamos eu fui morar na casa da mãe dele, decidimos que não queríamos casar, queríamos ficar com o relacionamento como estava. 
Por 2 anos moramos com o mãe dele, mudamos para a nossa casa por nossa vontade, porque queríamos ter um cantinho nosso e aprender mais sobre a vida tendo mais responsabilidades né? 

Com a nossa casa tudo mudou, tudo, vieram roupas para lavar, louça, casa, contas, e etc. E junto com tudo isso vieram os desentendimentos, quando você vai morar com a pessoa ¨sozinhos¨ fica tudo diferente, principalmente com uma criança, não temos com quem dividir os cuidados a não ser com o nosso parceiro. De novo, eu comecei a me irritar com a história do Rapha sair com os amigos e etc, ele não fazia nada na casa da mãe dele, quando mudamos teve que aprender, hoje ele cozinha mais do que eu, até PUDIM ele faz gente. 

Nossa vida não é um conto de fadas, estamos bem longe disso, até porque eu acredito que isso não existe, todo casal tem seus problemas. O que eu quis passar para você foi que hoje nós amadurecemos, somos adultos, aceitamos defeitos, aprendemos a conversar antes de discutir (quando não tem conversa a gente discuti mesmo...hahaha), aprendemos a pedir desculpas e aceitar nossos erros. Não fizemos nada forçado no nosso relacionamento, desde que eu engravidei, não fomos morar junto porque eu estava grávida, não estamos juntos pelo Murillo, estamos juntos porque nos amamos e porque queremos isso para as nossas vidas. 

Sempre conversamos que se um dia um não quiser mais, vamos conversar e nos acertar, não me imagino fazendo isso e também não quero pensar. Hoje os relacionamentos se quebram tão fácil né? Eu prefiro concertar, lutar, tentar de novo, separar, casar e namorar de novo. E isso é uma das coisas que eu mais prezo no nosso relacionamento, evitar a rotina e o comodismo, já disse aqui, muito sobre isso. Não esqueçam que vocês são mulheres depois de mães, arrumar um tempo a sós só depende de nós.  

Pode esperar o bebê dormir e fazer um jantar a dois, pode deixar um dia o bebê com as avós e ir curtir uma saída, um show, uma balada, um barzinho, dar risada e descarregar todo o estresse que carregamos do dia a dia, do trabalho, da vida, de qualquer coisa que seja.  
Ser casal é muito difícil, no facebook todo casal parece mais feliz e mais bonito, mas na vida real é tudo igual, todo mundo tem momentos ruins e bons, e eu e o Rapha não fugimos disso. 

O pior relacionamento é aquele que é por obrigação! Pensem, repensem e tentem mais uma vez! Só depende de nós, querer, fazer e nos ajustar ao que o nosso relacionamento pede para viver, quem sabe, uma vida inteira juntos! 


You Might Also Like

0 comentários

Obrigada pela visita!