Pular para o conteúdo principal

Tirando a chupeta sem traumas!

Essa semana conversamos sobre o uso da chupeta, se você optar pelo uso da chupeta com certeza terá que enfrentar a retirada, se antes o uso dela era para acalmar o bebê, agora a retirada será com toda certeza um pouco difícil, porém não precisa ser traumático! Então hoje vamos dar algumas dicas de como essa retirada poderá ser feita de forma tranquila e gradativa.
O ideal é que seu filho largue a chupeta sozinho, pois sua necessidade de chupar algo deveria diminuir naturalmente conforme ele cresce.

Para ajudá-lo, fique de olho e, quando ele for querer a chupeta, providencie algo para substituí-la. Se ele pega a chupeta quando está entediado, ofereça alguma atividade mais interessante, como um livro para folhear, ou faça caretas engraçadas para distraí-lo.

Já se a criança tende a colocar a chupeta na boca quando está preocupada ou se sentindo insegura, ajude-a a explicar o que ela está sentindo. Faça perguntas para descobrir o que está acontecendo e conforte-a de outro jeito -- com beijos e abraços, por exemplo.

Para encorajar seu filho, elogie quando ele conseguir ficar sem a chupeta. Você também pode controlar o uso da chupeta, e deixar que ele a use só à noite ou na hora do cochilo. E procure não oferecer a chupeta. Se ele não pedir, não dê, mesmo que ele esteja acostumado a dormir com o bico.

Experimente usar um calendário para anotar os dias que seu filho ficou sem a chupeta. Para cada dia sem, marque com um adesivo colorido, como uma estrelinha dourada. E quando ele completar uma semana sem chupeta, dê um prêmio, como um passeio especial ou uma brincadeira a dois.
DICAS PARA A RETIRADA:

O primeiro passo é diminuir aos poucos os períodos em que a chupeta pode ser usada faça um acordo com a criança. Libere-os em alguns momentos, como a hora do sono, e proíba em outros, como durante a visita à casa de parentes e quando estiver na escola

Não permita a chupeta durante o sono, tente retira-la com delicadeza da boca da criança depois que ela pegar no sono, 
avise-a, antes de ela adormecer, que você fará isso e explique que deixará o acessório ao lado dela, no travesseiro. Caso ela acorde e queira, poderá recolocar a chupeta novamente. "Jamais descumpra o combinado, sumindo com o objeto", explica Gerson Matsas, pediatra do Hospital Samaritano de São Paulo

A fase da retirada normalmente se dá quando a criança já fala algumas palavrinhas, então peça para o seu filho tirar a chupeta da boca antes de falar I
nsista todas as vezes que ele quiser dizer algo, explicando que é impossível compreender o que está sendo dito. "Não se esforce para entender, porque assim você pode ceder e fazer o que a criança está querendo", afirma Gerson Matsas, pediatra do Hospital Samaritano de São Paulo

Não desapareça com os objetos drasticamente, não jogue nenhum dos dois itens no lixo ou os esconda na esperança de que a criança vá se esquecer deles. Nesse processo, de acordo com a pediatra Cássia Amaral, é importante que elas participem ativamente dos combinados. Assim, é mais fácil cobrar a o empenho delas.




Esse processo é lento e gradativo, não é de um dia para o outro que a situação se resolverá. As crianças têm apego à chupeta e à mamadeira e pode ser que chorem muito querendo desfazer acordos. Mantenha-se firme. Diga que o que foi combinado precisa ser mantido para o bem dela. Não espere que ela compreenda detalhes sobre os malefícios para a dentição, por exemplo. E lembre-se de que foi você (ou outro adulto) que ofereceu a mamadeira e a chupeta para a criança pela primeira vez. "Os pais precisam ter consciência de que são responsáveis pela situação e, por isso, precisam ter paciência", fala Gerson Matsas, pediatra do Hospital Samaritano de São Paulo




A TROCA

Na semana passada dei uma dica para uma amiga. Ela tem uma princesinha em casa e já está na hora da retirada. Espero que funcione, e vocês podem adaptar essa versão para outras princesas, e para os meninos é só trocar por um super herói do gosto deles!

Presente congelante:



Pegue uma caixa de isopor pequena e coloque um presente relacionado a frozen, uma tiara, um brinquedo (tente ser algo não eletrônico para que possa ir ao freezer). 

Faça uma cartinha bem bonita explicando que o presente poderá ficar com ela desde que ela troque pelas suas chupetas e assine com o nome da princesa.

Coloque bolinhas de isopor junto com a cartinha e o presente dentro da caixa. Faça um embrulho com papel celofane azul e transparente. Coloque a caixa por alguns minutos dentro do freezer (por isso não pode ser nada eletrônico).






Coloque a caixa (gelada) na caixa dos correios, e chame a criança, dizendo que tem uma entrega para ela (eles adoram quando chega algo dos correios com o nome deles, porque não é algo comum para eles).


Depois de abrir, e ler a cartinha explique que essa troca é definitiva, e que a princesa não poderá enviar as chupetas de volta. E que o papai e a mamãe não podem mais comprar chupetas. Se a criança não aceitar, feche a caixa e devolva o presente no mesmo lugar, dizendo que os correios ira buscar de volta. Se ela aceitar coloque todas as chupetas dentro da caixa, feche e coloque na caixa dos correios. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu tenho um super-herói!

Uma noite dessas, o Murillo foi nos seus brinquedos e achou um óculos que ganhamos em uma festa, colocou e falou assim:  - Agora eu sou um super-herói!  E foi assim que surgiu o texto de hoje "Os super poderes do meu super-herói!" Ele tem o poder de me deixar feliz com um sorriso.  Ele tem o poder de fazer o meu coração explodir de felicidade. Ele tem o poder de me deixar a noite toda acordada quando quiser. Ele tem o poder de dormir na minha cama todos os dias que quiser. Ele tem o poder do amor incondicional. Ele tem o poder de fazer o melhor carinho do mundo! Ele tem todos os poderes do mundo para fazer da minha vida melhor, todos os dias, a cada gesto ou descoberta nova, desde que chegou só trouxe coisas boas para nossas vidas. Tudo ganhou mais cor e a vida voltou a ser como é para uma criança, uma história só com coisas boas, aprendemos a tirar de cada situação ruim as coisas boas. Esses são os super poderes do filho super-herói.♥ Quem também tem um sup

Inspirações Festa Mickey - Para imprimir♥

Sou super suspeita para falar, eu amo o Mickey. Mas confesso, que jamais tinha pensado em fazer uma festa para o Murillo nesse tema. Então que eu fui procurar algumas ideias e gente, quanta coisa linda, uma mais linda que a outra! Salvei várias! Mas fiquei com um sentimento de quero mais...então talvez vocês encontre um segundo post desse aqui em breve.   Convites♥  mesa do bolo♥ docinhos♥ detalhes♥    chapéu personalizado.   detalhe no guardanapo e suco personalizado centro de mesa♥  lembrancinhas♥ para imprimir♥ Imagens:  Pinterest  E ai mamães quem vai fazer a festa do baby do Mickey?  Eu amei e com certeza vou ter que fazer para o Muri. rs♥  

Algumas Dicas Sobre o Relacionamento com Filhos.

Converse sempre com seus filhos. O diálogo sempre foi e sempre será a melhor saída para as negociações de conflitos.  D ivirtam-se juntos. Planejem passeios ou atividades em família como: assistir a um filme ou a uma peça de teatro, ir à banca de revistas, fazer um piquenique, caminhar em um bosque, programar viagens, entre outras possibilidades. A atividade a ser realizada ou o destino do passeio não são os mais importante. O que importa é estar juntos, é dedicar tempo e atenção, é apreciar a companhia uns dos outros. Faça elogios aos outros. Parabenize sempre que o outro conseguir uma vitória, conquistar uma atitude, apresentar um comportamento adequado e esperado, como usar o banheiro sozinho, lembrar-se de guardar brinquedos sozinho entre tantas outras conquistas dos pequenos.  Diga sempre "eu te amo". Nunca é demais externar sentimentos. Escute as pessoas com tranquilidade e com coração sempre aberto, mesmo que não concorde com o ponto de vista delas. Saiba argumen