gallery

Influências da sua mãe, na sua vida materna.

08:00

Eu nunca tive o sonho de ser mãe, sempre conversei muito com a minha mãe, sobre a minha vontade. Minha mãe é uma empresária, desde quando me entendo por gente, vejo ela sair toda arrumada para trabalhar, fazer reuniões, falar sobre trabalho e sobre o futuro e vida profissional. Isso sempre me atraiu muito. 


Meus planos eram, fazer faculdade de Direito, também não tenho o sonho de casar, então poderia morar junto com meu namorado, iríamos viajar muito e curtir muito a vida. E  eu seria super bem sucedida na minha profissão. 

Enfim, meus planos mudaram e junho/2010, quando descobri que estava grávida. Repito, não foi planejado, não queríamos, havia acabado de conhecer e começar a namorar com o Rapha, mas como Deus tinha preparado aquilo para nós aceitamos. 

Foi ai que eu comecei a ver o outro lado da vida da minha mãe, além de ser empresária bem sucedida, minha mãe também era NOSSA MÃE de um jeito diferente, do jeito que ela conseguia, mas era. Porque do jeito que ela conseguia?  Porque existem duas escolhas no mundo da maternidade em tempo integral  ou trabalhar e ser mãe. 

Além de todo o seu trabalho, ela ainda conseguia tempo para ser mãe, para ficar com a gente, podia chegar as 22h da noite, mas ainda ia lá conversar com a gente, saber do nosso dia, por mais que estivesse em Guarulhos no dia da festa de dia das mães, corria, e chegava a tempo. Nunca deixou de fazer um passeio se quer com a gente por cansaço, sempre nos levava para viajar quando podia. 

E a partir daí eu comecei a me ver como mãe, a mãe que ela foi pra mim, a mãe que eu tive e me espelho. E sei que seria mãe perfeita para o Murillo. Começando pela minha gravidez, não quis parar de estudar, porque eu queria me formar junto com a minha turma, desisti do meu curso de Direito e optei por estudar algo para tocar a empresa da minha mãe. Só fiz uma mudança em tudo isso que a minha mãe fez, optei por não estudar nos primeiros 2 anos do Muri, já que já havia terminado a escola, adiei a faculdade. 
Curti os primeiros 4 anos do Muri, levando e buscando ele na escola, ficando ele com na parte da manhã por 2 anos escolares, e abrindo um pouco mão do meu trabalho.

Vai dizer que você nunca se viu fazendo algo igual a sua mãe com seu filho? Lembro que as vezes a minha mãe estava tão cansada, e chamávamos ela para assistir um filme com a gente antes de dormir, e ela dormia no meio do filme. Esses dias aconteceu isso comigo e com o Muri, ele me falou para assistirmos um filme, estava tão cansada, que acabei cochilando, ele me acordou tão carinho? - mamãe ainda não acabou o filme! 

Me vejo me arrumando, trocando o Muri de manhã e tomando café com ele, na hora lembro da minha mãe. Quantos dias ela não acordou mais cedo só para levar a gente na escola?  

Ser mãe, te faz reviver todos os momentos da sua vida no lugar da sua mãe. Eu passo por isso todos os dias.  E aquela boa e velha frase de mãe vem e nos da um soco com tudo, aquela frase de quando não ouvimos ela sabe?  VOCÊ UM DIA VAI SER MÃE TAMBÉM.
E hoje quem repete isso para as minhas amigas, sou eu, e sou que falo da importância que a mãe tem na nossa vida, o quanto devemos valorizar e aprender com elas.  Porque quando nos tornamos mães, nos tornamos a cópia delas.  

Por muitas vezes eu já errei como a minha mãe também errou, e ela sempre veio conversar comigo, para melhorar o que estava errando. Será que elas tiveram o mesmo apoio quando éramos pequenos?  Eu tenho certeza que minha mãe não teve. Por isso, eu dou MUITO valor de ter ela hoje tão presente na vida do Muri, tão próxima e dedica, realmente uma segunda mãe. 

Sempre digo para ela que hoje ela está aproveitando tudo o que perdeu, enquanto tinha que trabalhar quando éramos pequenos, hoje ela larga o trabalho e vai ficar com ele a tarde nas férias, fica finais de semanas com ele na chácara e participou de cada descoberta dele. 
E por ai meninas qual a influência da sua mãe na sua vida materna? 




You Might Also Like

0 comentários

Obrigada pela visita!