2014

Sou Jovem Mãe - Janaina Maia

14:02

A história de hoje é da Janaina Maia, ela que tomou uma decisão tão importante, nova, achando que tudo poderia ser como ela imaginasse. Uma guerreira! 


Eu tinha uma vida normal de criança,  morava com minha mãe,  brincava na rua como qualquer criança até minha mãe descobrir que tinha câncer no útero e uma complicação na cirurgia acabou gerando uma trombose na perna, ai minha vida já começou a mudar, aos meus 9 anos minha mãe já começou a me preparar pra vida que eu teria sem ela, acho que ela sabia que iria morrer. E foi o que aconteceu, no dia 05/05/2004 ela morreu eu estava perto de fazer 11 anos, foi péssimo, mas isso todo mundo sabe como é. Depois disso não lembro bem o porque, mas eu não quis morar com meu pai, eu amo ele era apegada a ele mas não quis. Então fiquei morando com uma tia que me travava muito bem e depois mudei pra outra tia que não deu muito certo, depois de umas brigas ela me mandou embora da casa dela, então fui morar com minha vó materna e meu irmão,  me dava bem com meu irmão mas brigada demais com minha vó (era uma pessoa difícil de lidar).

Comecei a namorar e queria ir embora da casa da minha vó,  mas meu irmão não iria deixar, foi ai que eu decidi com meu namorado: VOU TER UM FILHO, eu tinha 13 anos e sei que foi uma decisão irresponsável,  mas era a única forma que eu encontrei pra sair de casa. Em fevereiro de 2007 fiquei grávida,  foi uma gravidez tranquila e saudável,  sai de casa e fui morar de aluguel com o pai do bebê,  tínhamos um relacionamento bom, era bem apaixonada e estava tudo indo bem. Em novembro de 2007 nasceu meu príncipe Gabriel,  foi a maior felicidade, eu era magrelinha e pequena e como meu filho era grande, fiquei com medo de um parto normal, então paguei por uma cesariana marcada, nasceu grande com 3980g e 50 cm, forte, saudável e perfeito. 




Tivemos aquelas dificuldades de toda família de gastar bastante com o bebê e tal, eu tinha uma pensão por que recebia do INSS pela morte da minha mãe,  o que facilitou muito pra eu poder cuidar do meu filho. Já que não havia ninguém que me ajudasse (nunca houve) eu e o pai dele tivemos várias idas e vindas, eramos apaixonados e talvez por ser uma paixão que começou na infância (12 anos) achávamos que eramos um o amor da vida do outro rs. Terminamos e voltamos várias vezes e em 2010 fiquei gravida do meu segundo filho, na hora que fiz o teste fiquei desesperada, chorei muito por algumas horas mas logo aceitei e da mesma forma que eu estava criando um eu criaria outro com o mesmo amor.


Foi uma gravidez mais complicada, com mais dores, eu queria ter parto normal, mas fiquei com dor por 15 horas, fiquei com 9 dedos de dilatação,  mas não consegui e acabei fazendo uma cesariana.  Em outubro de 2010 nasceu meu outro príncipe,  ainda maior, com 4230g e 52 cm.
Sempre coloquei eles em escolinha particular, o que facilitava de trabalhar, fui morar em Mauá -SP e trabalhava em um salão de beleza perto da minha casa, os meninos ficavam na escolinha o dia todo e chegavam ao mesmo tempo que eu chegava do trabalho,  eu não gostava mas era o jeito,  queria ter tido mais tempo pra eles, mas vida de mãe é assim né?  Tinha que trabalhar pra dar o melhor pra eles.





Passei por várias mudanças,  terminei com o pai deles e graças a Deus eles entendem bem isso, vejo tantas meninas que são mães novas e não se separam por medo de largar o pai e criar os filhos sozinhos ou não achar outra pessoa, acho que todas tem que ter coragem de correr atrás da própria felicidade e da felicidade dos filhos. Agora tenho 21 anos, o Gabriel vai fazer 7 anos e o Guilherme vai fazer 4 anos, e mesmo em meio as dificuldades que tenho no dia a dia (que toda mãe tem) estou me sentindo feliz,  porque sei que nunca desisti de correr atrás da minha felicidade! 



Fica o recado né meninas?  Independente de filhos de tudo, temos sempre que buscar a nossa felicidade! Como a Janaina fez, uma história linda de superação e força de vontade.  

Quer ver a sua história aqui também?  Só mandar um e-mail para gente no contato.jovemmae@gmail.com

You Might Also Like

3 comentários

  1. Caramba, corajosa também né? Eu com 23 anos tenho pavor em gravidez, mal sei me cuidar sozinha ainda, morro de vontade de morar sozinha, mas me sinto muito dependente dos meus pais ainda :\
    Felicidades pra Janaina :)

    Beijos,
    http://awayinsilence.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que história legal! Apesar dos problemas, foi em frente e teve a coragem de abandonar uma pessoa que não combinava mais com ela pra ser realmente feliz. Admirei, viu?

    Beijos! ♥
    Blog: www.normalidadeincomum.com.br
    Facebook: www.facebook.com/NormalidadeIncomum
    Youtube: www.youtube.com/normalidadeincomum

    ResponderExcluir
  3. Que história surpreendente. Que coragem a Janaina teve hein. Mas com as forças e misericórdias concedidas por DEUS, ela irá vencer cada batalha da vida e irá educar e criar essas 2 preciosidades de DEUS, com muito amor. Que DEUS abençoe grandiosamente essa linda família. Amém!!!! Beijos lindona fique com DEUS♥
    http://feriasemparis.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!