O pior episódio de manha - aos 3.

19:27

eu juro, que eu queria muita acreditar que só amor educa uma criança. que conseguimos educar sem dar um grito, sem colocar de castigo e que o "amor de mãe" resolve tudo.

não pera, mas não deveria ser o "amor dos pais" resolve tudo? desde terça-feita dia 8 (jogo do Brasil), eu ando meio "irritada" com esse peso que cai nas costas de nós mães para educar?  principalmente, das adolescentes, se você acha que ouviu pitaco sendo mãe mais velha, você não sabe nem metade do que a gente escuta, porque afinal, nós não sabemos de nada né?
enfim... 

fomos assistir o jogo na casa do meu sogro junto com a família do Rapha, frio em São Paulo, mas chegamos lá e o Muri estava com a blusa do Brasil, por ser um local alto estava ventando MUITO, e eu preocupada com ele ficar mais resfriado do que estava, porque o nariz dele já estava escorrendo muito. eu juro por Deus, foi uma cena muito bizarra, eu simplesmente mostrei a blusa para ele e pedi com toda a calma do mundo para colocar, falei que colocava a blusa do Brasil por cima, enfim, fiz milhões de opções para que ele parece com o show que já havia começado, assim que ele viu a blusa na minha mão o terror começou, (não posso imaginar o que ele viu na blusa? e juro que só agora consigo fazer piada, porque né? fazer o que?)

ele corria, gritava "aiaiaiaiaiai" como se estivéssemos batendo nele, porque claro que o Rapha estava me ajudando nessa missão impossível que era colocar uma blusa de frio. (imaginem, uma família e amigos te olhando, quase mergulhei na piscina e me afoguei, juro.) 

até que chegou uma hora que não havia mais como e usamos a força, seguramos ele e colocamos a blusa a força mesmo, depois ele ainda continuo se jogando no chão e chorando e tentando nos chutar bater. como menas mãe que sou, sai de perto, porque realmente a minha paciência já havia passado do limite a muito tempo, e eu realmente me cansei de tudo aquilo, se ele quisesse ficar sem blusa que ficasse. 

então que o Rapha saiu e foi tomar a sua cerveja e eu? fiquei sendo observada por todo mundo, tipo, "nossa o que foi isso?" gente, não fiz ele sozinha, sai de lá triste, eis que como já havíamos combinado e o pai dele não quis mudar de ideia, ele foi dormir na casa da vó materna, esse seria o meu castigo ele não ir. ok, ele foi e ganhou. assim que eu pensei. 

e provando que eu estava certíssima, no outro dia fomos almoçar na casa da vó do pai dele, ele chegou com a vovó de novo sem blusa, de dia não estava muito frio então, nem liguei, mas no finalzinho da tarde, ficamos na rua e ele estava jogando bola com um primo, até que adivinha? eu apareci com a BLUSA DE FRIO de novo, gente, ele correu numa viela que tem do lado da vó, eu corri atrás, quando peguei ele me chutou, gritou de novo, um show e tanto e dessa vez no meio da rua, imaginem a minha cara. (definitivamente eu queria fugir, sumir, sei lá correr, ou imitar ele para ficarmos kits, não rolou)

peguei ele no colo e dei meu show também gritei com ele, coloquei no carro e viemos embora acabou a brincadeira. chorei horrores, quando cheguei em casa e coloquei ele no quarto, expliquei que eu estava muito triste e que eu não merecia aquilo, nem o pai dele, que ele sempre tem de nós o melhor e que não era o fim do mundo colocar uma blusa. e fomos arrumar a casa. 
nem sei quanto tempo ele ficou no quarto dele, levantou e começou a nos seguir, em seguida, me pediu desculpas e me deu um abraço, eu chorei mais ainda. 

um dos maiores testes de paciência que eu já passei em três anos de maternidade e uma coisa que foi provada para mim? toda a culpa disso é minha para as pessoas. o que me deixou mais chateada? eu ter que tomar iniciativa de pedir para vim embora, e ainda quero conversar muito com o Rapha sobre isso, não quero e não é minha essa culpa toda, ele tem pai tanto quanto mãe. 

e desde aquele dia, estou com isso na minha cabeça, o amor resolve tudo? desculpem as mães mais amorosas do mundo, mas eu não estou acreditando completamente nisso não. 
e olha que a raiva de tudo aquilo já passou faz muito tempo e já chorei tudo o que tinha que chorar. 
não bati nele, só gritei, gritei pelo desespero da situação de tudo o que eu sabia que iriam falar de mim...sei lá, porque mais gritei era uma forma de me mostrar melhor que ele. 

e pior de tudo sabe o que é?  é saber que no fundo eu queria, QUERIA de verdade acreditar que todo esse amor louco que eu sinto por ele resolvesse tudo, que ele entendesse tudo isso e parecesse com um simples "POR FAVOR, FILHO, NÃO FAÇA ISSO!" mas eles não param e só quem passa por isso sabe. 

e sabe de quem eu estou falando? desse ser mais lindo que a vida já me deu,do que eu realmente posso chamar de minha vida.com esse sorriso maravilhoso que me conquista todo dia. 

e se isso for só uma fase, que passe logo, por favor. 


 

 

You Might Also Like

3 comentários

  1. É CA também passei por isso, não foi uma nem duas foram três vezes ... E o pior de tudo é ouvir os cometários sabe principalmente do pai dizendo "você não tem autoridade " "por isso que ele faz essa coisas" "ele não te respeita" e coisas assim ... Você saber que faz de tudo da todoooo amor do mundo e as birras ainda acontece ... Talvez seja a idade não a nosso e sim a deles!! Faze dos 3 :( ... Bjs ( me chama no whats quando der perdi meus contatos celular foi roubado bjs Grazi )

    ResponderExcluir
  2. Crianças sã assim, fases, mas passam e vem outras boas ou ruins, mas passam! Te convido a ir no meu blog pra conhecer , dou dicas sobre o universo feminino e gostaria da sua opinião. Se gostar e seguir me dando uma forcinha, te sigo tb.
    ^^
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir
  3. Camila, há quanto tempo não passo por aqui!!! Essa vida atribulada acabou com meus passeios pelos blogs que gosto! Poxa, é tão chato quando essas coisas acontecem, né! Como se já não fosse difícil suficiente, ainda temos que lidar com os olhares e julgamentos das pessoas ao redor. Mas não fique assim! Não é uma fase, é um episódio. :) Muitos assim acontecerão e, vc sabe melhor do que eu, pois o Murilo é mais velho que o Lucas, sempre haverá novidade, seja boa ou ruim. rs Então, bola para frente!! =) Um beijo grande para vcs!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!