Pular para o conteúdo principal

Sou Jovem Mãe - Larissa Perrone

 Hoje quem veio dividir a história dela com a gente foi a Larissa, ela foi mãe aos 17 anos e contou um pouco de como foi a sua gravidez e seu parto!♥ 

 
 Olá, meu nome é Larissa, e vim contar a emocionante história da minha gravidez rs
Eu tenho 17 anos, namoro com o pai do meu bebê 2 anos ,engravidei quando tinha 8 meses de namoro e 16 anos ! Minha vida era uma bagunça, não me dava muito bem com o meu pai e com a minha mãe, que são separados, e o Nik era o meu ponto de equilíbrio , sempre esteve do meu lado !  Quando engravidei, tudo mudou para melhor, claro que eu fiquei assustada, com medo do que ia acontecer daquele momento em diante , mas graças a Deus , deu tudo certo ! Comecei a ter uma relação muuito boa com a minha mãe, fui morar com o Níkolas, comecei a ter uma vida de casada ! Até que começaram a surgir os problemas, de grana ... eu não trabalhava, só estudava , então o Nik que bancava tudo ! Começou a ficar pesado pra ele, porque ele pagava a faculdade, e da noite pro dia, começou a fazer compras, pagar contas de água e luz.
Mas tudo é uma fase, e passou graças a Deus ! Os problemas maiores, começaram a surgir quando fiz 7 meses. O Vitinho decidiu que queria nascer ! Com 7 meses, eu comecei a sentir contrações, e estava dilatada 2 cm ! Fui correndo para o hospital, e tomei 2 doses de um remédio para fortalecer o pulmão dele, caso ele nascesse, não iria ficar tanto tempo internado ! A partir dali, minha gravidez se tornou de risco, e eu tinha que fazer repouso .. que eu não fazia ! Andava para tudo quanto é lado. Passaram-se os meses, e parece que o Vitinho quis esperara a hora certa kkk Cheguei a fazer 41 semanas e 3 dias, e nada dele nascer, eu sabia que ia ser cesárea, mas não queria de jeito nenhum ! Quando foi numa quarta-feira, minha mãe (que é enfermeira) me ligou e disse que tinha uma equipe ótima na maternidade interlagos, e que era pra eu ir , que eles iam me internar certeza ! Eu fui, toda esperançosa, chegando lá, a médica me examinou (fez aquele toque bendito) e mandou eu fazer aquele exame dos batimentos cardíacos do bebê ! Eu fui, fiquei 1hr fazendo, só que eu estava com muuita fome, e parecia que o Vitinho estava fraquinho, e o exame não saiu direito, aí a médica passou soro-glicosado para eu tomar na veia, pro neném mexer, lá vai eu, de novo fazer o exame, dessa vez fiquei 2hrs fazendo , deu certo , ai tinha que passar com a médica de novo, quando eu fui, ja tinha mudado de plantão, e a outra médica que ia me internar, tinha subido para fazer uma cesárea ... essa nova médica simplesmente me examinou de novo, e disse que nao poderia fazer nada, porque não tinha vaga na maternidade, era pra eu ir pro meu Hospital de referência, que era o Hospital Pedreira ... Fiquei chateadíssima , porque já estava passando da hora, e os médicos não queriam fazer meu parto , e eu não aguentava mais ! Minha mãe ligou para a primeira médica que me atendeu , e ela fez uma carta pra eu levar no Pedreira, pra eles me internarem, Santa Doutora Bella, tenho muita a agradece-la ! Fui para o hospital pedreira, cheguei lá, fizeram toque DE NOVO, e ai me internaram pra induzir meu parto, graças a Deus .. depois de 2 dias tomando remédio, sentindo dor, o Vitinho nasceu 9:21 da manhã, de cesárea!
Eu estava brilhante de tanta felicidade, pra mim, estava tudo perfeito. E ainda está, graças a Deus ! O Vitinho já está com 7 meses, e é a maior felicidade da minha vida, ele é tudo pra mim ! É difícil, ainda esta sendo muuito difícil ! Mas com um amor desse na minha vida, eu enfrento tudo kk
beijos <3




Quer contar a sua história aqui no Sou Jovem Mãe também?  Manda um e-mail para gente, estamos esperando. 

contato.jovemmae@gmail.com 


Beijos Cá♥

Comentários

  1. O Vitinho é lindo e que superação, fico feliz de saber que o Nik segurou a barra e ficou com os dois <3

    Beijinhos da Leeh

    Http://maetoescrevendo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu tenho um super-herói!

Uma noite dessas, o Murillo foi nos seus brinquedos e achou um óculos que ganhamos em uma festa, colocou e falou assim:  - Agora eu sou um super-herói!  E foi assim que surgiu o texto de hoje "Os super poderes do meu super-herói!" Ele tem o poder de me deixar feliz com um sorriso.  Ele tem o poder de fazer o meu coração explodir de felicidade. Ele tem o poder de me deixar a noite toda acordada quando quiser. Ele tem o poder de dormir na minha cama todos os dias que quiser. Ele tem o poder do amor incondicional. Ele tem o poder de fazer o melhor carinho do mundo! Ele tem todos os poderes do mundo para fazer da minha vida melhor, todos os dias, a cada gesto ou descoberta nova, desde que chegou só trouxe coisas boas para nossas vidas. Tudo ganhou mais cor e a vida voltou a ser como é para uma criança, uma história só com coisas boas, aprendemos a tirar de cada situação ruim as coisas boas. Esses são os super poderes do filho super-herói.♥ Quem também tem um sup

Inspirações Festa Mickey - Para imprimir♥

Sou super suspeita para falar, eu amo o Mickey. Mas confesso, que jamais tinha pensado em fazer uma festa para o Murillo nesse tema. Então que eu fui procurar algumas ideias e gente, quanta coisa linda, uma mais linda que a outra! Salvei várias! Mas fiquei com um sentimento de quero mais...então talvez vocês encontre um segundo post desse aqui em breve.   Convites♥  mesa do bolo♥ docinhos♥ detalhes♥    chapéu personalizado.   detalhe no guardanapo e suco personalizado centro de mesa♥  lembrancinhas♥ para imprimir♥ Imagens:  Pinterest  E ai mamães quem vai fazer a festa do baby do Mickey?  Eu amei e com certeza vou ter que fazer para o Muri. rs♥  

Algumas Dicas Sobre o Relacionamento com Filhos.

Converse sempre com seus filhos. O diálogo sempre foi e sempre será a melhor saída para as negociações de conflitos.  D ivirtam-se juntos. Planejem passeios ou atividades em família como: assistir a um filme ou a uma peça de teatro, ir à banca de revistas, fazer um piquenique, caminhar em um bosque, programar viagens, entre outras possibilidades. A atividade a ser realizada ou o destino do passeio não são os mais importante. O que importa é estar juntos, é dedicar tempo e atenção, é apreciar a companhia uns dos outros. Faça elogios aos outros. Parabenize sempre que o outro conseguir uma vitória, conquistar uma atitude, apresentar um comportamento adequado e esperado, como usar o banheiro sozinho, lembrar-se de guardar brinquedos sozinho entre tantas outras conquistas dos pequenos.  Diga sempre "eu te amo". Nunca é demais externar sentimentos. Escute as pessoas com tranquilidade e com coração sempre aberto, mesmo que não concorde com o ponto de vista delas. Saiba argumen