2014

Sou Jovem Mãe - Karen Monfardini♥

15:35

Uma das histórias mais lindas que eu já vi até hoje no blog, uma lição de vida

 para todas nós sobre aproveitar cada momento de nossas vidas como se

 fosse o último. 






Meu nome é Karen, sempre tive vontade de escrever para o blog Jovem Mãe,


mas minhas história até 2 meses atrás era muito parecida com a história de


 todas as jovens mães. Eu tinha 17 anos e namorava há um tempo e acabei

 engravidando, claro sem nenhum planejamento, quando descobri que estava

 grávida (supreendam-se) mas eu fiquei super feliz. Não era o que eu queria 

claro, estava no 1° período da faculdade de Nutrição mexendo com formol e

 tive que para a faculdade...mesmo assim fiquei feliz, meu namorado era

 apaixonado por crianças e o sonho dele era ter um filho (a ). Fiquei com 

muito medo de contar para meus pais e por incrível que pareça deu tudo

certo, 
ninguém ficou contra nós. Logo completei 18 anos e casamos no civil

 apenas.

 Todos os dias conversávamos com nossa neném na barriga, fazíamos carinho


 nela, tenho certeza que ela sentia o amor que transmitíamos. Logo nos

 primeiros meses tive descolamento de placenta e acabei ficando 1 semana de

 molho..mas Graças a Deus tudo passou bem...descobrimos que seria uma 

princesa : Ana Lívia. O restante da gravidez foi super tranquilo. Nossa 


princesa nasceu dia 30/10/2012 e foi o momento mais feliz das nossas vidas.



 Combinamos de fazer o acompanhamento dela por fotos em um estúdio, 

então todos os meses ela tirava fotinhas, alguns meses sozinhas e outras 

com a mamãe e o papai. Foi a melhor coisa que fizemos, sem saber o que

 aconteceria mais a frente. Queria muito fazer o aniversário dela de um 

 aninho mas o pai não queria, dizia que ela não aproveitaria e seria um gasto 

atoa. Eu fui muito enjoada, bati o pé e fiz..no final ele acabou sedendo e me

 ajudando. Em janeiro deste ano, meu marido, no caso pai da Aninha foi

 pescar com o pai ( avó da Ana) e acabou passando mal e falecendo. Hoje

 quando paro pra pensar em tudo que fizemos nesse um ano de vida da Ana,

 agradeço a Deus por ter me dados condições de ter realizado o sonho dele de

 ser pai e de ter feito todas as fotos dela com o pai e o aniversário, o primeiro

e único que ele pode participar. Hoje voltei a morar com a minha mãe e
estamos vivendo um dia de cada vez. Tem dias que são muuito complicados,

 mas aos poucos a tristeza está se transformando apenas em saudade..muita

 saudade.

De 15 em 15 dias a Aninha fica o fim de semana com os avós

 paternos que estão passando uma barra com a perda do filho. 

E incrivelmente, com 1 ano e 5 meses, sempre que ela vê a foto do pai ela

beija, abraça e diz PAPAÊ *-* (isso me faz chorar demais). Hoje minha vida se

 resume a ela, tudo que eu tenho/faço é pensando nela. Sou a Pãe dela (pai e

 mãe).



Eniviado por: Karen Monfardini





Quer participar do "Sou Jovem Mãe" manda um e-mail para nós com a sua

 história, se quiser pode enviar fotos também.

contato.jovemmae@gmail.com  


You Might Also Like

8 comentários

  1. Que triste, meus olhos se enxeram de lagrimas. Poxa Karen que barra. Mesmo. :(

    modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa, quando comecei a ler não imaginava essa história. Você contou rápido, mas se fosse em detalhes, eu choraria mais ainda. É triste, mas você tem um pedacinho dele pro resto da vida e agora sua luz é sua filha. Boa sorte nesse caminho!

    www.mabeato.blogspot.com, Beijos e muita luz!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, me emocionei, to arrepiada até agora :'(
    Sei bem o que é perder alguém assim do nada, mas acho linda essa sua coragem de olhar para o lado bom da coisa e continuar vivendo a vida!
    Bjos!!

    http://damarisbarreiros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa me emocionei muito com essa história.
    Tenho dois príncipes um com 1 ano e outro com 2 anos e 7 meses.

    http://papodemakeparameninas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que aperto que me deu no coração aqui e comecei a chorar. Não é fácil criar um filho sozinha, mas como ela mesma disse, ele teve a oportunidade de desfrutar de um ano de vida completo de sua filha, de participar de sua festa de um ano, que é sempre um momento único.
    Viver um dia de cada vez e com calma. É difícil principalmente para a mãe, e ainda mais ver a filha crescendo e quando ela vê a foto do pai o reconhece, isso deve ser realmente de quebrar o coração.
    Mas desejo toda força e muita paz nessa nova jornada e que seja de puro sucesso! <3

    Beijos,
    Percepções Blog

    ResponderExcluir
  6. Nossaaaaa que triste,eu lhe desejo tudo de bom e muita força,muita força para você e sua filha,e claro os avós ,sei como é perder alguém e sei como é a saudade também,e essa história é de superação,sim, você terá que se superar a cada dia, a saudade,a tristeza,superar as fraquezas e dar amor maior a sua nenem que precisará demais de amor,e de suas forças,eu te desejo todo o sucesso do mundo,cuide-se,e saúde para vocês...
    http://sendochic01.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nossa, me assustei quando li que o pai faleceu, que barra meu Deus...que sejam muito feliz as duas e familiares e que Deus conforte a todos.
    bjs
    http://ateliedoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa que barra hein, que Deus possa te iluminar sempre, confesso que me emocionei com essa Historia.

    5inquentatonsdepink.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!