2012

Depressão Pós-Parto, eu tive!

23:25



Já falei aqui sobre como engravidei e o que eu pensava sobre gravidez, já falei sobre tudo o que mudou na minha vida desde a primeira vez que o Murillo nasceu. Mas nunca, JAMAIS pensaria em comentar isso aqui, porque aceitar foi muito difícil, me fez sentir a pior mãe do mundo. Até que eu li o post da Angi do Mãe de Guri o post sobre a Depressão Pós-Parto que ela teve Vi, vivi e Venci!. E daí eu percebi que não era a única, e que em nenhum momento eu errei. Ou melhor, errei sim, muito no começo por não aceitar e não querer assumir a minha doença, sim isso é uma doença. E tem CURA, basta você querer. 

Nossa situação chegou a um fase de eu e o Rapha nos separarmos, e ali eu cheguei a pensar que fosse o fim. Eu achava que ninguém estava do meu lado, que eu estava sozinha com o Murillo, não via motivo para sair para trabalhar, vários dias ficava em casa de pijama, não tinha vontade nada, exatamente, nada. Foi horrivel, eu chorava todas as noites, acordava morta de cansaço todos os dias, me larguei total. 

É muito difícil, eu confesso, foi muito difícil pra mim TUDO, desde engravidar adolescente de um namoro super recente, cair a ficha de íamos ficar juntos o que eu nem acreditava. Mas realmente eu não sei a causa, sei que tive Depressão Pós-parto diagnosticada por uma psicologa, sem querer, era uma treinadora da empresa da minha mãe, ela vinha na empresa nos ensinar sobre o dia-a-dia, só que ela também era psicologa. Conversou com minha mãe e percebeu a tristeza em meus olhos, o cansaço, a raiva que tinha de qualquer coisa e começamos a fazer sessões todas as quintas-feiras a tarde toda, Raphael sempre me acompanhou, em algumas ele até participou um pouco. 
Eu não cheguei a tomar nenhum tipo de medicamento, somente com as sessões e logo depois eu fiz o curso o Leader Training onde eles também me "libertaram" desta doença. Agora, com certeza, eu vivo uma nova vida.. foi um novo começo pra mim, por Muri e pro Rapha. 


#vidademãe  #jovemmãe 


You Might Also Like

2 comentários

  1. Não deve ser fácil... mas quem bom que superou!
    Força!
    beijos
    Lele

    ResponderExcluir
  2. eu sei como é dificil eu tambem tive .....adoro seu blog....seu filho elindo parabens
    Depois da uma passada la no meu blog ...flor

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!