Instinto Materno existe?!

21:44


Cá estava eu na aula de Filosofia, quando a professora coloca como exemplo da matéria que Instinto Materno não existe! (na hora pensei, ela só pode estar louca.)
Instinto é um ato natural e inato! Conforme o sugnificado no dicionário.
Vamos colocar como um exemplo: uma aranha mãe, tem sua aranha bebe, mas logo depois do parto morre. A aranha por seu instinto animal, faz sua própria teia sem ninguém ensinar e sem ajuda de ninguém! Puro instinto!
Nem toda mulher tem o desejo de ser mãe, nem todas cuidam do seu filho da mesma forma.
Quando criança uma menina ganha quais brinquedos? Boneca, cozinha, casinha e somos ensinadas a imitar nossas mamães! Então não é um ato natural. Fomos ensinadas, estimuladas a ser mãe. Eu mesma não queria ser mãe, adorava jogar bola, soltar pipa e jogar vídeo game. E também minha mãe passava muito tempo fora, e ficava mais com meu pai.
Depois dessa aula e do que pesquisei, estou pensando mais sobre o assunto. Eu acho que não existe!
E vocês o que acham?

You Might Also Like

25 comentários

  1. Na verdade nunca tinha parado pra pnsar sobre o assunto!
    Acho que o tal 'instindo de mae' tem algo a ver com proteção e tal.
    mas sei laah kkkk

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  2. Ai Cami, vc deu um nó na minha cabeça rsrsrs, antes de responder alguma coisa tenho q pensar muito bem nesse assunto e volto pra te falar o q conclui.
    Bjoos
    odiariodamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkk Nunca tinha pensado nisso!!
    Mas acho que instinto de mãe não é a mesma coisa que vontade de ser mãe!
    Acho que ela não está errada mas generalizou a coisa, o que eu entendo sobre instinto é sobre proteger o filho e até se antecipar com coisas que podem vir a acontecer como por exemplo: Ele está caindo e você com uma panela cheia de água nas mãos. você não solta a panela em uma mesa ou algo assim vc para tudo o que está fazendo atira a panela longe corre e se for preciso se atira no chão sem pensar 2 vezes para proteger a cria que está a cair! Acho que isso e instinto materno. EU ACHO HAHAHAHA
    Mas a prof não ta errada não!! Somos induzidas a ser mãe.
    SEGUINDO o blog faz tempinho já! Segue eu tmb likadubois.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hummm, sei la, acho que existe sim. Dentro de todas, mesmo não sendo da mesma maneira.!

    ResponderExcluir
  5. Ótima reflexão...acredito em instinto materno, mas não acredito que todas as mães querem usá-lo. Nem todas as mulheres querem,tão pouco deveriam ser mãe. As pessoas são diferentes, tem ambições diferentes e muitas delas pensam em si, antes de pensar no filho, que depende de nós para aprender sobre o mundo... Acredito que existe, mas nem todas querem usar. Adorava brincar de casinha e adorava brincar de bola, de skate. Acredito que a nossa infância reflete nas nossas vontades...e aí sim em se permitir usar o instinto materno.
    Espero que tenha dado para entender....rs
    Beijos,

    p.s. adorei o post!

    ResponderExcluir
  6. Pois é, não dá pra discordar totalmente da sua prof. Mas pense bem, tudo que uma mãe é para o seu filho, sabe qnd se sente mal, sabe até o que é na maioria das vezes, tem um estalar dentro de nós que nos diz opa tá frio, tá quente e isso é perigoso. E tudo isso um pai não consegue ter, por melhor pai que ele seja, mesmo qndo um homem diz que nasceu mulher, e cuida de uma criança ( um homossexual ex.) ele não tem o instinto materno de uma mulher que deu a luz de fato, ou que ama seu filho como se tivesse dado ( nos casos de adoção). Pode até dizer que não nascemos com esse instinto, mas que com certeza ele nasce em nós cedo ou tarde, isso eu tenho certeza!

    ResponderExcluir
  7. Camila, muito boa esta discussão que você abriu aqui. De fato pouco paramos para pensar, amamos ser mães a partir do momento em que somos e nos adaptamos a este contexto.
    Mas e as mães que o bebê nascem e elas doam sem carinho algum, sem laço algum...
    Fica a questão...
    Existem pais que são como mães...
    Ou seja, por fim parece mesmo que o que nos cabe não é o instinto materno, mas o instinto de proteção, daquilo que amamos.
    Ou algo assim.
    Ahhhh, gostei do blog, te convido a entrar no meu também: www.varaldospassarinhos.blogspot.com.br
    BJS

    ResponderExcluir
  8. Cá.
    Já li algo falando que nos mamíferos existe sim. Pq a primeira fêmea a parir cortou o cordão umbilical sem que ninguém falasse nada. Inclusive sem ter ajuda.
    Já li também que as mães passaram a cuidar de seus filhos só a partir do século 17/18. Isso porque elas precisavam assegurar a vida dos meninos para transmitir a herança. Antes, pelas condições precarias morriam os 2 ou 1 deles. Esse laço forte, a questão do vínculo é recente (eba estamos evoluindo!). Mas, excelente ponto :) Bjs
    Fabi (Mulher e Mãe)
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  9. Acho que ele pode surgir qunado nescem os filhos,mas em alguns casos ele realmente não existe ou é bem pouco usado,conheço casos de mães que o filho foi uma forma de garantir uma renda e não porque queria ser mãe,ai não rola instinto materno.Mas é p/ deixar pensando no assunto!!!!!!
    bjs
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  10. Eu durmo na mesma cama que meu marido, eu escuto a Lara chorar lá no quatinho dela no primeiro choro. Ele, só no outro dia, quando eu conto que ela chorou de madrugada. Se isso é instinto, ele é materno, porquê meu marido não tem. BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila
    Eu acredito!!! O instinto materno de cuidar, de proteger, ... ele existe sim!

    Beijos,

    Jamile
    Mãe para Mães
    www.maeparamaes.com
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  12. Complexo o assunto... não tenho uma opinião formada, mas posso dizer da minha experiência: nunca pensei em ser mãe, e depois que me tornei uma, nunca mais me imagino sem minha filha, e parece que a vida não existia antes dela. rs

    bj
    Carol
    www.ninaensina.com.br
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  13. Olha... ser mãe não é pra qualquer uma. E nem toda mãe tem instinto de mãe, como as cachorrinhas têm. Isso porque ser humano é um bichinho mais complicado, cheio de surpresas nem sempre agradáveis, como um caráter mal construído, referências horríveis e assim vai. Falei sobre isso, citando um texto bem legal, que você vai gostar, neste post aqui ó:

    http://www.manumamae.blogspot.com.br/2012/07/filho-e-pra-quem-pode.html

    Fiquei revoltada quando vi o vídeo desta mãe que matou seus dois filhos. Concordo, portanto, com tua professora. O instinto materno é algo que a gente constrói a partir de referências, exemplos. Seria ótimo se todas desenvolvessem isso, junto com afeto e carinho. Mas não... infelizmente.

    beijoca

    Manu
    #amigacomenta
    @emanoellew
    www.manumamae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Camila,

    Acredito que instinto é algo que existe apesar dos ensinamentos filosóficos, existem por exemplo que são mães maravilhosas e outras nem chegam aos pés de tão ruins que são.
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  15. Na minha opinião.... Vc vira mãe no momento q seu filho nasce...pelo menos comigo aconteceu deste jeito!!! Coisas q nunca imaginei fazer, faço con a maior dedicação do mundo! Sem duvida, sou uma leoa...não mexam com meus filhos que eu ataco!!!! Para mim...instinto de mãe existe sim. Bjão
    Camila Mamãe Viver BemBom
    http://viverbembom.com.br

    ResponderExcluir
  16. Uma fez me disseram isto também. Instino materno não existe, pois se existisse TODAS as mulheres seriam mães. Na verdade o que existe é uma espécie de dom maternal. Algumas mulheres tem, outras não, algumas desenvolvem, outras não...
    Esta foi a definição que mais me convenceu.
    Bjux
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  17. Eu acho que existe o instinto natural de cuidar, mas isso acontece com o pai ou a mãe! Como vc mesma disse, fomos ensinadas e acho isso mais forte nas mães! Beijos
    #amigacomenta
    http://www.soumaeeagora.com

    ResponderExcluir
  18. Acho que instinto é diferente de vontade. Vc pode não querer ser mãe, ou não ser uma boa mãe, mas ainda assim ter o instinto materno. Mas acho que tem algumas pessoas que têm distúrbios tão graves que superam esse instinto, como as que abandonam os filhos na lixeira.

    É uma coisa pra se pensar...

    Beijos
    Tati
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  19. Oieee,

    Acho q existe sim! Independente de vc querer ser mãe, vc sabe oq fazer assim q tem um filho!
    Concordo com a Tati, acho q existem disturbios tão sérios q acabam por ofuscar o instinto!

    Bjo!

    Loreta #amigacomenta;)
    @bagagemdemae

    ResponderExcluir
  20. Eu acredito na existência dele sim e a opinião da Tati pra fim foi bem certa. Só faço assinar embaixo, pode? ;)

    Beijos
    #amigacomenta
    @maebivolt

    ResponderExcluir
  21. Acho que existe sim. Mais aflorado em umas, menos em outras. Há aquela influencia da cultura como vc citou: a menina é ensinada a brincar como se fosse um ensaio para cuidar de casa, marido, filhos. Mas veja, temos instinto para criar de nossas 'crias'. Prova disso é cada vez mais 'pais' se virem criando seus filhos sem a mãe, pois na separação optou-se que viveriam com o pai, e detalhe: eles estão cada vez mais bem resolvidos em relação a esta questão.
    Acho que é por aí. Não exclusivamente maternal. O instinto presente é o de criar e proteger a prole.

    Tenha um final de semana maravilhoso, e uma semana abençoada pela frente!
    #amigacomenta

    http://ale-dreams.net
    @ale_rms

    ResponderExcluir
  22. Camila estou seguindo seu blog! vai la visitar o meu tbem! A proposito adorei o tema, e minha resposta é sim, eu acho que existe estinto materno,mas infelizmente nem todas são contempladas com esse "dom" bjsss

    ResponderExcluir
  23. Oi Camila, eu acredito plenamente que instinto materno existe sim.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  24. Acho que o instinto materno só existe qdo a mulher quer ser mae e o deixa aflorar.
    Acredito que ele nasce junto com o desejo de ser e o amor de mae.
    Adorei o post.
    Bjus
    #amigacomenta

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!