O tombo da cama!

18:26


Que susto! Parece que nessas últimas semanas resolveu acontecer de tudo com o Muri, chorando para dormir, principio de pneumonia, as manhas de madrugada e da cama e agora hoje ele me cai da cama, mais alta que tem na casa da minha mãe.
Eu juro, juro que foi questão de segundos, deixei ele na cama e pedi para o Raphael olhar, acho que ele dormiu de novo ou sei lá, só sei que a empregada da minha mãe ouviu o barulho e correu e falou "Camila, ele caiu!" e eu, desesperada, sai correndo, peguei ele no colo fui passando a mão em tudo, e gritando para o Raphael, "Vamos levar ele no hospital, agora, agora. Não deixa ele dormir!". Nem me lembro, o porque fiz tanto escândalo, a empregada da minha mãe só falava, "Calma, Camila, ele ta bem. Foi só o susto." E eu não queria ouvir ninguém só queria levá-lo ao hospital fazer um raio-x e ficar tranquila. Não o deixei dormir, mesmo sendo o seu horário de sono, quando estávamos vindo para São Paulo, foi impossível não deixar que ele dormisse no carro, mesmo assim ficava acordando ele sempre ver se estava tudo bem.
Antes da gente sair da casa da minha mãe, ela falou que estava tudo bem, que não precisava levar ele no hospital, afinal, ele não ficou sonolento, nem vômito. Depois que ele caiu, minha mãe deu banho e deu mama e ele ficou normal, quando passou o susto já ficou dando risada, mas eu estava morrendo de medo que tivesse alguma coisa por dentro. Pais de primeira viagem né?
Chegamos ao hospital, e eu tão desesperada esqueci de deixar os documentos na recepção e peguei uma senha como se fosse atendimento adulto, demoramos mais um pouco por causa disso, porque passaram 3 crianças na nossa frente. E eu já não aguentava mais esperar.
Uma médica japonesa, muito carinhosa, foi quem nos atendeu. Ela perguntou se eu era a mãe do Murillo, como todo mundo pergunta. E assim perguntou o que havia acontecido, eu disse assim: "Ele caiu da cama mais alta da casa da minha mãe!" a médica me olhou assustada e disse: "Mãe tira a roupa toda dele, pra eu examiná-lo, que horas foi isso?" Eu disse o horário e comecei a tirar a roupa dele, ele não reclamava de machucado em lugar nenhum, ao contrário, queria mexer em todas as coisas da médica.
Ela olha as pupilas para ver o reflexo dele se estava bom, depois olhou a orelha para ver se havia sangramento. E POR INCRIVEL QUE PAREÇA, O ANJINHO DA GUARDA DELE É MUITO BOM, NENHUM ARRANHÃO, NENHUM MESMO, NEM CALO NA CABEÇA. NADA, NADA. GRAÇAS A DEUS.
Sai da sala da médica, sorridente, parecia que havia ganhado na mega-sena.
Minha mãe disse ser o primeiro de muitos, e de verdade, eu gostaria que fosse o último.
Quase morri do coração.

Agora vamos ao shopping com a vovó e a madrinha, esquecer tudo isso.

Camila Gomes

You Might Also Like

5 comentários

  1. Nossa, eu sei como é isso.;. quando o Lu tinha 6 meses caiu, bateu a cabeça, chorou mto. Mas ficou tudo bem. Me senti uma péssima mãe por deixar q isso acontecesse... e jurei que nunca mais aconteceria isso. e Todas as mães ja mais experientes tb repetiam a frases"eh o primeiro de muitos" não deu outra, antes de ontem mesmo ele caiu, sorte que a cama eh baixa,o Bruno saiu pra trabalhar deixou ele dormindo na caamma e eu nem ouvi ele saindo, acordei com o barulho... ainda bem que ele ja está bem maior, caiu e saiu engatinhando resmungando. Mas não aconteceu nada!
    Não tem como, eles vão ficando cada vez mais terríveis e mais rapidos, pq em UM segundo pode acontecer mta coisa! hahaha

    ResponderExcluir
  2. É mesmo Cá é o primeiro de muitos, a Lavinia já caiu 3 vezes acredita ??? ( graças a Deus nenhum arranhão). Más da segunda vez o suto foi maior até contei no blog.

    Em todas elas me sentia um lixo de Mãe mais não sei o que acontece acho que é como a Dani falou acima eles ficam maiores e mais espoletas e dai é coisa de segundos mesmo.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, é sempre questão de segundos! E a gente sempre se culpa né? Uma vez, passei no quarto vi que a Bia estava dormindo bem no meio da minha cama, e não tinha como cair, e fui para a cozinha, peguei um prato para lavar e ouvi o barulho, questão de 1 minuto! Ela não andava ainda e tentou descer da cama sozinha! DÓ!
    Agora, os tombos são tão cotidianos que raramente me assustam!
    Agora começou uma outra sessão de tombos, os tombos da cama dela, já que ela está em adaptação na propria caminha! Uma loucura!


    Beijos
    http://parabeatriz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ai Camila, que sufoco, né??
    Seu Murilo é lindo!!! Parabéns!! Beijinho

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!